Colegiado Pleno e Delegado

COLEGIADO PLENO

O Colegiado Pleno do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MPEF) desempenha um papel central na gestão e direcionamento estratégico do programa, tendo como competências a aprovação do regimento interno e suas modificações, a definição das diretrizes gerais do programa, a eleição do coordenador e subcoordenador, a criação e alteração de áreas de concentração, e a aprovação de planos e relatórios anuais. Além disso, o Colegiado Pleno tem o dever de assegurar a integração da pós-graduação com o ensino de graduação e, quando possível, com a educação básica, além de zelar pelo cumprimento das normas vigentes.

São membros do Colegiado Pleno:
I. todos os docentes credenciados como permanentes que integram o quadro de pessoal docente efetivo da UFSC;
II. representantes do corpo discente, eleitos pelos estudantes regulares; na proporção de, pelo menos, 1/5 (um quinto) dos membros docentes do colegiado pleno, sendo a fração superior a 0,5 (zero vírgula cinco) computada como 1 (um) representante;
III. chefia do departamento.

COMPOSIÇÃO
Lucas Natálio Chavero Coordenador do programa (Presidente)
Fernando Fuzinatto Dallagnol Subcoordenador do programa (Vice-Presidente)
Daniel Almeida Fagundes Professor permanente do programa
Daniel Girardi Professor permanente do programa 
Eslley Scatena Gonçales Professor permanente do programa 
Fábio Rafael Segundo Professor permanente do programa
Julio Faria Corrêa Chefe Departamento de Ciências Exatas e Educação
Lara Fernandes dos Santos Lavelli Professora permanente do programa
Carlos Henrique Reis da Silva Representante Discente (Titular)
José Leonardo Praxedes da Silva Representante Discente (Suplente)
Carlos Alberto Andreazza Representante Discente (Titular)
Stevan Luiz Bazzan Representante Discente (Suplente)
Convidados
 Marcelo Dallagnol Alloy  Professor Colaborador do programa
Representantes Discentes (Portaria N° 012/2024/BNU)

COLEGIADO DELEGADO

O Colegiado Delegado do MPEF é um órgão que direciona suas ações no sentido da administração e operacionalização do programa, tendo como principais competências: a proposição de alterações no regimento interno e nas normas de credenciamento de professores, a aprovação de credenciamentos e recredenciamentos docentes, e a definição dos critérios para alocação de bolsas de estudo, a aprovação da programação do curso de Mestrado, os planos de aplicação de recursos, os editais de seleção de estudantes, entre outras decisões fundamentais para o funcionamento acadêmico do PPG, assegurando o cumprimento rigoroso das normativas estabelecidas pela UFSC e pelo Programa em nível nacional.

São membros do Colegiado Delegado:
I – O(a) coordenador(a) e o(a) Subcoordenador(a) como Presidente e Vice-presidente do Colegiado;
II – 1 (um) representante do corpo discente;
III – 3 (três) membros do corpo de docentes permanentes do Programa.

COMPOSIÇÃO
(Portaria Nº 031/2022/BNU)
Lucas Natálio Chavero Coordenador do programa (Presidente)
Fernando Fuzinatto Dallagnol Subcoordenador do programa (Vice-Presidente)
Daniel Almeida Fagundes Titular (1º mandato)
Eslley Scatena Gonçales Suplente
Fabio Rafael Segundo Titular (1º mandato)
Daniel Girardi Suplente
Lara Fernandes dos Santos Lavelli Titular (1º mandato)
Marcelo Dallagnol Alloy Suplente
Carlos Henrique Reis da Silva Representante Discente (Titular)
Stevan Luiz Bazzan Representante Discente (Suplente)
Representantes Discentes (Portaria N° 012/2024/BNU)

 

Sobre a representação discente

Os representantes discentes são os estudantes que participam dos órgãos colegiados de uma Instituição de Ensino Superior e são eleitos por seus colegas com mandato de um ano. Sua função é representar, dentro daquele colegiado, os interesses do conjunto dos estudantes, como membros plenos e participantes de todas as decisões que esses órgãos tomam, expondo as ideias dos estudantes sobre os assuntos discutidos e votando nas pautas.

As atividades de um representante discente incluem desde suscitar discussões com os colegas discentes antes das reuniões, por meio do envio da pauta (que é encaminhada pela Secretaria do PPG com 48h de antecedência em reuniões ordinárias e com menos tempo em extraordinárias), como também a verificação de demandas dos estudantes para solicitar à Coordenação a inclusão de pontos de pauta antes ou durante as reuniões, até a comunicação aos colegas das discussões e decisões dos Colegiados após as reuniões. Os representantes titulares devem estar presentes em todas as reuniões convocadas, exceto se houver algum impedimento, quando eles devem entrar em contato com os representantes suplentes informando que estes devem participar daquela reunião. Deste modo, os representantes discentes suplentes devem participar apenas na ausência dos titulares.

As reuniões dos Colegiados Plenos costumam acontecer uma vez por mês e as dos Colegiados Delegados acontecem com mais frequência a depender das demandas que são encaminhadas e precisam de decisões ou discussões destes órgãos.

Além dos Colegiados, os discentes de Pós-Graduação possuem representação também no Conselho de Unidade do Centro Tecnológico, de Ciências Exatas e Educação (CTE), veja a composição atualizada do Conselho em:


Resoluções pertinentes aos Colegiados
  • Resolução Normativa nº184/2023/CUn –  permite a participação dos professores voluntários nos órgãos colegiados, conferindo-lhes o direito de expressar suas opiniões e de votar.